Diamantes Info

Informação sobre o Diamante

Há critérios de avaliação dos diamantes – os famosos 4Cs

Os 4 critérios de avaliação para os diamantes são os 4Cs: Corte – Quilate – Clareza/Pureza – Cor

Corte e finalização:

Este termo refere-se à faceta dos ângulos e às proporções do diamante. Sobre base de uma fórmula científica complexa, pode se ver que, quando um diamante está bem cortado, a luz é refletida de um lado para o outro (como um espelho) e depois dispersa-se para a parte de cima do diamante (a mesa). Um diamante que esteja muito bem cortado exibirá um brilho optimizado. Um diamante pode também ter um corte que seja demasiado liso ou demasiado grosso. Nesses casos, a luz não é refletida de maneira óptima o que afecta o brilho do diamante.

O corte mais comum que se dá aos diamantes é o “redondo brilhante.”

Peso do Diamante:

O peso de um diamante é expresso em quilates: um quilate é igual a 0.2 gramas. Um quilate pode ser dividido em 100 pontos. Um diamante que pese 0.75 quilates é um diamante com 75 pontos e equivale a ¾ de um quilate. A indústria do diamante utiliza escalas diferentes para medir o peso dos diamantes. Outras pedras preciosas são também medidas em quilates. O quilate das pedras preciosas não está relacionado com o quilate do ouro e ambos não deveriam ser confundidos. Considera-se que um diamante que pese 0,9990 pesa 1,00 quilate e considera-se que um que pese 0,9989 pesa 0,99.

Clareza:

Diamantes com poucas ou nenhumas inclusões são muito raros e, portanto, são muito caros. Essas inclusões podem assemelhar-se a cristais, nuvens, linhas ou pequenos tufos coloridos ou não. De acordo com as normas internacionais, um diamante é chamado puro quando um perito não consegue ver nele qualquer impureza com uma lente ampliada dez vezes. Existem escalões para se conseguir classificar a clareza. Alguns dos critérios para a clareza incluem: perfeito (puro), perfeito (internamente), VVS1 ou VVS2 (muito, muitas pequenas inclusões), VS1 e VS2 (muito pequenas inclusões), SI1 ou SI2 ou SI3 (pequenas inclusões) e (I1, I2 ou I3 (com inclusões).

Cor:

Um diamante sem cor é um diamante sem qualquer tipo de tom. A indústria do diamante utiliza uma escala de classificação das cores para classificar diamantes. A cor do diamante muda significativamente o seu preço. A escala das cores varia de D para Z, de sem cor para amarelo, castanho e outros. A escala começa com D como em diamante (Diamante): não há “A”, “B” ou “C”.

Os factores que determinam o valor de um diamante são representados por estes 4 critérios. Se um destes 4 critérios não estiver presente, o valor do diamante não pode ser precisamente determinado; eles são inseparáveis.

Diamantes Info

 

Leave a comment

name*

email* (not published)

website